Mudou!

O Redação do Esporte mudou de hospedagem! Acesse nosso conteúdo atualizado em: www.redacaoesporte.com.br

domingo, 30 de novembro de 2008

Campeonato Brasileiro> São Paulo encara Flu pelo sonho do Hexa

* Vitória garante o título do Sampa; Flu quer estragar a festa do rival.

Chegou a hora. Depois de uma semana de muita expectativa e festa da torcida, o São Paulo entra em campo neste domingo, às 17 horas (de Brasília) para enfrentar enfrentar o Fluminense e tentar conquistar seu sexto título brasileiro - e o primeiro tricampeonato consecutivo da história do clube. Mais de 74 mil torcedores são esperados para empurrar o clube paulista para uma conquista que há algumas semanas parecia muito improvável.

A rivalidade entre os dois Tricolores aumentou neste ano. Muito por conta dos jogos pelas quartas-de-final da Libertadores. Na ocasião, os cariocas levaram a melhor. Mas desde então, o que se viu foi o contrário: os paulistas melhoraram muito, enquanto o Flu piorou sua situação.

O discurso de "já ganhou" dos torcedores são-paulinos não afetou o elenco, que treinou durante toda a semana com seriedade e mostrou muita concentração mesmo com toda a badalação nos dias que antecederam o confronto. Os jogadores sabem que o título só será confirmado com a vitória sobre o Fluminense, que ainda tem remotas chances de ser rebaixado.

Além de respeitar a qualidade do adversário, o Sampa sabe que do outro lado encontrará um clube que leva vantagem nos confrontos do ano (2 vitórias a 1 para o Flu) e que parece entender como poucos a maneira do líder jogar. A maior preocupação dos paulistas é, novamente, o atacante Washington, que já vazou Rogério Ceni cinco vezes em 2008.

O único desfalque do técnico Muricy Ramalho será o polivalente Zé Luis, que fez artroscopia no joelho direito e não joga mais no ano. Em compensação, o zagueiro Rodrigo volta de suspensão e formará a zaga invicta ao lado de Miranda e André Dias. O trio ainda não perdeu atuando junto. O volante Hernanes, candidato a craque do Brasileiro, estará mais uma vez comandando as ações do Sampa em busca da vitória que dará o título ao Tricolor paulista.

O Fluminense também vai entrar em campo para o jogo da sua vida. Caso o Tricolor carioca consiga um empate ou saia vitorioso do Morumbi, pode se considerar, de uma vez por todas, livre do rebaixamento.

O técnico René Simões afirmou, na última sexta-feira, que apesar da distância na tabela, exige respeito da equipe paulista e garante que o estádio lotado não vai intimidar seus jogadores.

- O Fluminense precisa fugir desse caminho e não pode se sentir pressionado no Morumbi. Sinto que os jogadores estão tranqüilos. Eles estão em casa. Esse é o lema - adiantou.

O Tricolor carioca tem ainda um motivo especial para querer gols no Morumbi: o atacante Washington está com 20 gols no campeonato, apenas um a menos que Kléber Pereira, e está na briga acirrada pelo título de artilheiro do Brasileiro em 2008.


FICHA TÉCNICA:
SÃO PAULO X FLUMINENSE

Estádio: Morumbi, São Paulo (SP)
Data/hora: 30/11/2008 - 17h (de Brasília)
Árbitro: Heber Roberto Lopes (Fifa-PR)
Auxiliares: Roberto Braatz (Fifa-PR) e Alessandro Álvaro Rocha de Matos (Fifa-BA)

SÃO PAULO: Rogério Ceni, Rodrigo, André Dias e Miranda; Joilson, Jean, Hernanes, Hugo e Jorge Wagner; Dagoberto e Borges. Técnico: Muricy Ramalho.

FLUMINENSE: Fernando Henrique, Wellington Monteiro, Thiago Silva, Luiz Alberto e Junior Cesar; Fabinho, Romeu, Arouca e Conca; Maicon e Washington. Técnico: René Simões.

fonte: lancenet

Direto da Redação









Redator: Marco Miranda
marco_mirand@yahoo.com.br

Campeonato Brasileiro > Ainda sob risco, Santos pega o Galo em Minas

* Peixe precisa de mais um ponto se garantir na Série A em 2009

A derrota por 5 a 1 para o Coritiba, no último sábado, deixou mais sequelas do que se imaginava para o Santos. Isso porque, para continuar a luta contra o rebaixamento, no domingo, às 17h, contra o Atlético-MG, no Mineirão, a equipe da Vila encara uma série de desfalques importantes.

Os meias Bida, com contratura muscular na coxa direita, e Michael, com uma lesão no joelho , nem viajaram para Belo Horizonte. Já Wendel, com dores na canela, é a grande dúvida da cabeça do técnico Márcio Fernandes.

Além deles, o principal desfalque: o artilheiro Kléber Pereira, suspenso pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), por ter apontado suposto esquema de suborno envolvendo o árbitro Elmo Resende Cunha, na partida duelo entre Vasco e Santos, dia 8 de novembro, em São Januário.

O Santos entrou com um recurso, para que ele possa disputar a última partida do Brasileirão, contra o Náutico, dia 7 de dezembro. Um novo julgamento deverá acontecer no dia 4 de dezembro.

Sendo assim, as dúvidas de Fernandes são enormes: caso Wendel não jogue, Pará ganhará uma oportunidade na lateral-direita. Kléber pode ser deslocado para o meio, e Fábio Santos ganharia uma chance na esquerda. Caso contrário, Adriano ganha a vaga.

Teoricamente, o Santos, na décima quarta colocação, com 43 pontos, precisaria apenas de um empate para livrar de vez a chance de rebaixamento. Mas, além da péssima campanha da equipe fora de casa (11 derrotas, cinco empates e duas vitórias) , o Galo, décimo segundo colocado, com 47 pontos, quer garantir a vaga na Copa Sulamericana. O torneio, inclusive, é um sonho do Peixe, se conseguir vencer seus dois duelos que restam no Brasileirão.

50 mil vozes

No domingo, mais de 50 mil atleticanos estão garantidos para ver o xodó atleticano Marques, que completará 190 jogos com a camisa alvinegra em Campeonatos Brasileiros e se tornará o jogador que mais vestiu a camisa do clube no campeonato nacional.

O técnico Marcelo Oliveira, no entanto, terá problemas para a partida. O lateral César Prates, com dores no púbis, fica de fora. O atacante Raphael Aguiar
será improvisado no setor. Outra baixa é o volante Nen, que recebeu o terceiro cartão amarelo contra o Sport, na derrota por 3 a 0. Para a vaga do volante, o ex-palmeirense Francis terá a chance de começar a partida.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-MG X SANTOS

DATA: 30/11/2008 às 17h
ESTÁDIO: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
ÁRBITRO: Wagner Tardelli Azevedo (SC - FIFA)
AUXILIARES: Katiuscia Mayer Berger Mendonça (ES - FIFA) e Carlos Berkenbrock (SC)

ATLÉTICO-MG: Édson, Sheslon, Leandro Almeida, Welton Felipe e Raphael Aguiar;
Francis, Elton, Márcio Araújo e Renan Oliveira; Marques e Castillo. Técnico: Marcelo Oliveira.

SANTOS: Fábio Costa; Wendel (Pará), Domingos, Fabão e Kleber;
Adriano (Fábio Santos), Roberto Brum, e Molina; Robinho e Lima. Técnico: Márcio Fernandes.

Fonte: Lancenet!


Direto da Redação












Redator: Ricardo Pilat
ricardo.pilat@yahoo.com.br

Campeonato Brasileiro > Pelo prêmio de consolação, Fla tem 'decisão' contra o Goiás no Maraca

* Time carioca precisa da vitória para sonhar com retorno ao G-4, e goianos estão em situação estável na tabela de classificação

O Flamengo passou 11 rodadas na liderança do Campeonato Brasileiro e outras dez no G-4. Mas qualquer resultado diferente da vitória neste domingo, às 17h, contra o Goiás, no Maracanã, pode acabar as chances de o time garantir a vaga na Taça Libertadores de 2009, prêmio de consolação a uma equipe que desde o início declarou-se candidata ao título. O adversário, em sétimo lugar, com 52 pontos, e garantido na Copa Sul-Americana, pouco tem a almejar na reta final. Tirando, é claro, a vontade de estragar a festa flamenguista.

Em quinto lugar, com 63, o Rubro-Negro viveu uma semana estranha. Empenhada na guerra contra o árbitro Carlos Eugênio Simon, a diretoria relegou a derrota para o Cruzeiro e a conseqüente saída da área da Libertadores a segundo plano.

No dia-dia do clube, um surpreendente clima de fim de festa no ar. Enquanto o técnico Caio Júnior mostra-se desgastado e sob forte pressão, os treinos aconteceram com a sombra da apatia. A torcida também já esteve mais empolgada. Pouco mais de dez mil ingressos foram vendidos até sexta-feira. A expectativa da diretoria está na casa dos 30 mil, afinal, será a despedida do time no Maracanã.

O técnico Caio Júnior tem dois desfalques no time titular. Suspenso, Fábio Luciano cede lugar a Toró. Desta forma, Jaílton será recuado para a zaga, e o time volta a jogar no 4-4-2. Na lateral direita, Leo Moura não se recuperou de dores no joelho direito e será substituído por Luizinho.

O time esmeraldino encara mais um desafio fora de casa, uma vez que na última rodada empatou sem gols com a Portuguesa, no Canindé. O técnico Hélio dos Anjos faz mistério na escalação.

O treinador pode manter o esquema 3-6-1, como também pode ousar e lançar Alex Terra e Iarley no ataque. No entanto, diante de um Rubro-Negro que luta desesperadamente para garantir uma vaga na Taça Libertadores, é provável que o Esmeraldino vá a campo com uma formação defensiva. Apenas os volantes Ramalho e Fahel, que cumprem suspensão automática, são os desfalques.

Na zaga, Rafael Marques pode perder a posição para Paulo Henrique, mas João Paulo, que vem se destacando nos treinos, pode surpreender e ficar com a vaga. Vítor, representante do clube no prêmio Craque Brasileirão, e Júlio César estão confirmados nas laterais direita e esquerda, respectivamente.

O meio-campo é o setor mais complicado. Lusmar, Fábio Bahia, Paulo Baier, Romerito e Fernando disputam quatro vagas. Todavia, o jovem Lusmar deve ficar como opção no banco de reservas, assim como o atacante Alex Terra.

FICHA TÉCNICA
Local: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
Data/Hora: 30/11/2008 - 17h (de Brasília)
Árbitro: Sérgio da Silva Carvalho (DF)
Auxiliares: Milton Otaviano dos Santos (Fifa-RN) e Marrubson Melo Freitas (DF)

FLAMENGO: Bruno, Luzinho, Jaílton, Ronaldo Angelim e Juan; Aírton, Toró, Kleberson e Ibson; Marcelinho Paraíba e Obina. Técnico: Caio Júnior.

GOIÁS: Harlei; Ernando, Henrique e Rafael Marques; Vítor, Fernando, Fábio Bahia, Paulo Baier, Júlio César e Thiago Feltri (Romerito); Iarley. Técnico: Hélio dos Anjos.

Desesperado, Vasco tenta se manter na Série A contra o Coritiba

"I believe in you...". A música de Celine Dion e Il Divo tocava por acaso nos alto-falantes de São Januário durante o treino do Vasco na sexta-feira. Mas a canção parecia traduzir muito bem o espírito do time para enfrentar o Coritiba, neste domingo, às 17h (horário de Brasília), no estádio Couto Pereira, em Curitiba. Afinal, a letra mostra que ainda há esperança: "Só no caminho que você escolheu; Uma estrada inquieta sem volta; Um dia você achará sua luz novamente; Você não sabe, não deixe ir embora sua força. Eu acredito, eu acredito, eu acredito em você".

O time carioca está desesperado e precisa da vitória. Com 37 pontos, está a três do Náutico, o primeiro clube fora da zona do rebaixamento, e pode cair para a Série B até mesmo se empatar. Os pernambucanos enfrentam o Atlético-PR em casa. Já o Coritiba está tranqüilo, com 53 pontos e em sexto lugar, e faz a sua despedida da torcida na temporada.

Edmundo deve ficar no banco

Na sexta-feira, um grupo de torcedores foi até São Januário levar mensagens de apoio aos jogadores. Foram pensamentos positivos e frases de incentivo de pessoas de todo o país, de Manaus a Uberlândia-MG, relacionadas por uma comunidade de um site de relacionamento. A semana, aliás, foi assim. De apoio. Nada de protestos, críticas. Os torcedores fizeram a sua parte. Mas a diretoria e o técnico Renato Gaúcho pareciam não falar a mesma língua.

O comandante vascaíno não gostou nem um pouco de o vice jurídico Luiz Américo ter revelado que em seu contrato havia um bônus caso livrasse o clube do rebaixamento. E um culto evangélico no estacionamento de São Januário com a participação de Madson e Mateus também não agradou. O presidente Roberto Dinamite tentou minimizar, mas o fato gerou mal-estar no clube, tradicionalmente católico.

A fé, aliás, passou a fazer parte do dia-a-dia vascaíno. Odvan falou que acredita em milagres. Madson fez promessa. Assim como Roberto Dinamite, que vai doar quentinhas a crianças carentes se o Vasco não for rebaixado. Renato Gaúcho não revelou se fez promessas. Mas o treinador gosta de beijar a imagem de Nossa Senhora da Aparecida que fica em cima da mesa de entrevistas do clube.

O Vasco vai entrar em campo com o zagueiro Vilson improvisado na ala esquerda. Renato Gaúcho resolveu barrar Edu Pina. Além disso, Edmundo deve permanecer no banco. Apesar de não confirmar a escalação, o treinador não escondeu a preferência por Alex Teixeira por considerar que o Animal rende mais no segundo tempo, quando os adversários estão mais cansados.

Renato Gaúcho não vai preparar nada diferente para a preleção momentos antes da partida. Mas vai lembrar a história gloriosa do Vasco e, principalmente, que é a última chance de manter o time com esperanças de ficar na Série A.

Keirisson na briga pela artilharia

O Coritiba tem um objetivo: ajudar Keirrison a se tornar o artilheiro do Brasileirão. Todo o elenco está comprometido em jogar para o atacante. K9 está com 20 gols (tem 40 na temporada) e está só um atrás de Kléber Pereira, do Santos. Mas tem todas as chances de assumir a ponta. O rival está suspenso pelo STJD e não joga mais em 2008.

Mas o jovem atacante, que concorre ao prêmio de revelação do Brasileiro, tem um dilema. Seu Adir, pai de Keirrison e vascaíno, torce para que seu clube do coração não caia, mas ao mesmo tempo para o sucesso de seu filho goleador.

Mas Keirrison não está preocupado com a situação do Vasco:

- Eu penso assim: rebaixamento é problema do Vasco. Tenho que fazer o meu trabalho e preciso ganhar o jogo. A gente precisa ter humildade, do mesmo jeito que tivemos contra o Santos, pois contra o São Paulo o Vasco mostrou que tem uma equipe forte - diz.

FICHA TÉCNICA
Estádio: Couto Pereira, Curitiba (PR)
Data/hora: 30/11/2008 - 17h (de Brasília)
Árbitro: Alício Pena Júnior (Fifa-MG)
Auxiliares: Altemir Hausmann (Fifa-RS) e Marcio Eustáquio S. Santiago (MG)

VASCO: Rafael, Jorge Luiz, Odvan e André; Wagner Diniz, Jonílson, Mateus, Madson, Alex Teixeira e Vilson; Leandro Amaral. Técnico: Renato Gaúcho.

CORITIBA: Vanderlei; Maurício, Rodrigo Mancha e Felipe; Arilton, Alê, Carlinhos Paraíba, Marlos e Ricardinho; Keirrison e Ariel. Técnico Dorival Júnior.

Com Vasco de olho, Bota enfrenta Figueira

Uma partida que reúne equipes em situações bem diferentes no Campeonato Brasileiro. A começar pelas posições na tabela, mas principalmente quando se trata dos objetivos na competição. Sem qualquer ambição, o Botafogo recebe o Figueirense, neste domingo, às 17h, fazendo a sua última partida do ano no Engenhão. Mas o time catarinense entra em campo precisando da vitória para evitar o rebaixamento. O Premiére transmite o jogo ao vivo, e o GLOBOESPORTE.COM acompanha em Tempo Real.

Em nono lugar com 50 pontos, o Botafogo continua a cumprir tabela no Brasileiro. Com a motivação em baixa, resta ao time carioca tentar a vitória para terminar na melhor sua melhor posição desde 1995, quando foi campeão. Já o Figueirense, 17º colocado com 38 pontos, busca desesperadamente o resultado positivo para continuar sonhando com a permanência na Série A.

Mas o jogo não envolve apenas duas equipes. Ao mesmo tempo que enfrenta o Coritiba no Paraná, o Vasco estará de olho no Engenhão, pois o Figueira é concorrente direto na luta contra o rebaixamento. Além de fazer sua parte no Couto Pereira, a equipe cruzmaltina está na torcida peo Botafogo.

FICHA TÉCNICA
Local: Engenhão, Rio de Janeiro (RJ)
Data/hora: 30/11/2008 - 17h (de Brasília)
Árbitro: Sálvio Spínola (SP)
Auxiliares: Ednilson Corona (SP) e Emerson Augusto de Carvalho (SP)

BOTAFOGO: Renan; Alessandro, Emerson, Andre Luis e Triguinho; Leandro Guerreiro, Diguinho, Lucio Flavio e Lucas Silva; Jorge Henrique e Zárate. Técnico: Ney Franco.

FIGUEIRENSE: Wilson; Asprilla, Alex Bruno e Bruno Perone; Anderson Luis, Diogo, Marquinho, Cleiton Xavier e William Matheus; Tadeu e Rafael Coelho. Técnico: Pintado.

Fonte: Globo.com e Lancenet


Redator: Pedro Silas
pedro_sccp@yahoo.com.br

Campeonato Brasileiro > Sonho do Grêmio encontra pesadelo do Ipatinga em jogo decisivo

* Tricolor ainda tem esperanças de ser campeão brasileiro. Clube mineiro faz última tentativa para evitar rebaixamento

Enquanto um tenta concretizar o sonho de ser campeão, o outro joga as últimas cartas para se livrar do pesadelo do rebaixamento. Grêmio e Ipatinga, adversários das 17h deste domingo, em Minas Gerais, são vizinhos distantes na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro. Mesmo assim, compartilham um sentimento para o duelo no Ipatingão: a certeza de que jogam a vida em 90 minutos. O Tricolor, com uma vitória, deve garantir vaga na Libertadores e pode chegar vivo na última rodada para brigar pelo título. O Tigre não tem escolha: ou vence, ou está rebaixado.

O Grêmio é vice-líder, com 66 pontos, cinco pontos a menos do que o São Paulo. Se os paulistas vencerem o Fluminense, acabam as esperanças gaúchas. O Ipatinga, com 34, é o lanterna. Precisa vencer e ainda secar com todas as forças clubes como Portuguesa, Vasco, Figueirense e Náutico.

Roth volta a mexer na equipe; Quatro desfalques no Tigre

Foi uma semana que começou triste no Olímpico. O capitão Tcheco carregou no rosto a decepção pela derrota sofrida em Salvador para o Vitória (4 a 2). A expressão do camisa 10 era um resumo de como estava se sentindo o elenco. Com os dias, veio o foco no Ipatinga, que recebe elogios do técnico Celso Roth.

Roth volta a mexer na equipe. Na zaga, ele deve reativar o trio que deu solidez defensiva à equipe ao longo da competição, com Léo, Pereira e Réver. No meio, Souza será deslocado para a ala esquerda, com o retorno de Felipe Mattioni à direita. No ataque, Marcel será acompanhado por Perea, já que Reinaldo sofreu lesão e não atua mais este ano.

O Ipatinga terá dura missão diante do Tricolor. Além de enfrentar o vice-líder da competição, o time do técnico Enderson Moreira terá que superar diversos desfalques. O mais importante deles é o do volante Leandro Salino, que foi expulso contra o Palmeiras e inclusive já foi liberado pela diretoria para procurar outro clube.

Outros três atletas receberam o terceiro cartão amarelo: Gian, Baroni e Júlio. Com estas quatro ausências, Leo Oliveira, Beto, Paulinho Dias e Leo Silva são os mais cotados a entrar no time. Além dos suspensos, o goleiro Fernando se machucou no ombro direito durante a semana e também não joga. Fred entra em seu lugar.

FICHA TÉCNICA
Local: Ipatingão, em Ipatinga (MG)
Data/hora: 30/11/2008, às 17h
Árbitro: Evandro Rogério Roman (PR)
Auxiliares: Marcos Antônio Moreira Collodett (ES) e Gelson Pimentel Rodrigues (ES)

IPATINGA: Fred, Silvio, Patrick e Léo Oliveira; Afonso (Márcio Gabriel), Paulinho Dias, Augusto Recife, Pablo e Beto; Adeilson e Ferreira. Técnico: Enderson Moreira

GRÊMIO: Victor; Leo, Jean e Réver; Felipe Mattioni, Rafael Carioca, William Magrão, Tcheco e Souza; Perea e Marcel. Técnico: Celso Roth.

Cruzeiro joga decisão contra o misto do Inter

O mesmo gramado reunirá, às 17h deste domingo, uma equipe que joga a vida e outra que tem quase nada a colocar em campo. O Cruzeiro, faminto por vaga na Libertadores, vai ao Beira-Rio para visitar o Inter, de barriga cheia com a possibilidade concreta de conquistar a Sul-Americana na quarta. O time colorado apenas cumpre tabela no Brasileirão. Por isso, vai a campo com equipe reserva.

A Raposa entra na penúltima rodada do Brasileirão com 64 pontos, em terceiro. A distância de sete pontos para o São Paulo deixa o título matematicamente impossível. Agora, o objetivo é abraçar uma vaga na Libertadores e não largar mais. O time mineiro tem dois pontos a menos do que o Grêmio, vice-líder, está empatado com o Palmeiras e supera o Flamengo, primeiro não-classificado, em um ponto. O Inter é o oitavo, com 51, assegurado na Copa Sul-Americana do ano que vem.

O Cruzeiro embarcou para Porto Alegre sem sua principal estrela: Guilherme, o artilheiro da Raposa no Campeonato Brasileiro com 18 gols. O atacante não se recuperou de um edema na coxa direita e foi vetado pelo departamento médico. Ele espera ter condições de atuar na última partida da competição, contra a Portuguesa, no Mineirão. Outra baixa na equipe é Jajá, que também não treinou na sexta-feira, pois ainda sente uma pancada sofrida na vitória sobre o Flamengo por 3 a 2.

Por isso, o técnico Adílson Batista ainda não definiu o time que entrará em campo no Beira-Rio. Thiago Ribeiro tem grandes chances de iniciar o jogo. São três opções para formar a dupla de ataque: Reinaldo, Weldon e Wanderley. Mesmo assim, Adílson poderá escalá-lo sozinho no ataque, colocando Wagner mais livre no meio. A boa notícia é a total recuperação do volante Fabrício. Ele está liberado para jogar os 90 minutos e deve começar como titular.

Para muitos colorados, a partida deste domingo é a última chance de ver o Inter no Beira-Rio em 2008, já que a final de quarta-feira teve todos os ingressos esgotados exclusivamente por sócios. A diretoria tenta deixar a partida atrativa para os torcedores. Dois mil associados foram sorteados e poderão assistir ao jogo de forma gratuita. Além disso, 5kg de alimentos não-perecíveis valem um ingresso. Os produtos arrecadas serão doados às vítimas da enchente em Santa Catarina.

A equipe será reserva, com duas exceções: o goleiro Lauro, que vem atuando ao lado dos suplentes para não perder ritmo, e o meia Guiñazu, ídolo máximo da torcida, expulso no primeiro jogo da final da Sul-Americana, a vitória de 1 a 0 sobre o Estudiantes em La Plata.

FICHA TÉCNICA
Local: Beira Rio, em Porto Alegre (RS)
Data/hora: 30/11/2008, às 17h
Árbitro: Djalma José Beltrami Teixeira (RJ)
Auxiliares: Hilton Mourinho Rodrigues (RJ) e Dibert Pedrosa Moisés (RJ)

INTERNACIONAL: Lauro, Bustos, Orozco, Danny Morais e Gustavo Nery; Maycon, Guiñazú, Rosinei e Andrezinho; Guto e Daniel Carvalho. Técnico: Tite

CRUZEIRO: Fábio, Jonathan, Leo Fortunato, Thiago Heleno e Fernandinho; Henrique, Marquinhos Paraná, Fabrício e Ramires; Wagner e Thiago Ribeiro. Técnico: Adilson Batista

Náutico e Atlético-PR: Nova batalha dos Aflitos

De um lado, o goleiro Galatto, herói gremista em 2005, e que hoje defende o Atlético-PR. Do outro, o também apreensivo Náutico e sua torcida que não esqueceu o episódio de três anos atrás (completados na última quarta-feira, dia 26). Sem poder dar chances ao erro na briga contra a degola, Timbu e Furacão se enfrentam em mais uma batalha do Brasileirão, pela 37ª rodada, neste domingo, às 17h (de Brasília), nos Aflitos.

O Alvirrubro, 16º com 40 pontos, aposta no bom retrospecto em casa – venceu os dois últimos jogos contra Cruzeiro e Vitória – para, se possível, afastar de vez as possibilidades de descenso. O mesmo vale para o Rubro-Negro, com 42 pontos e uma posição acima, que já soma seis jogos de invencibilidade (quatro vitórias e dois empates). No primeiro turno, vitória do Furacão por 2 a 0 na Arena da Baixada.

FICHA TÉCNICA
Estádio: Aflitos, Recife (PE)
Data/hora: 30.11.08 – 17h (de Brasília)
Árbitro: Leonardo Gaciba da Silva – Fifa (RS)
Assistentes: Jose Antônio Chaves Franco Filho (ES) e Marcelo Bertanha Barison (RS)

NÁUTICO: Eduardo, Adriano, Vágner e Titi; Ruy, Hamilton, Ticão, William e Wellington; Felipe e Gilmar. Técnico: Roberto Fernandes.

ATTICO-PR: Galatto, Antônio Carlos, Chico e Rhodolfo; Zé Antônio, Valencia, Alan Bahia, Ferreira e Netinho; Rafael Moura e Júlio César. Técnico Geninho.

Desesperada, Lusa encara o Sport no Canindé

Em situação dramática, a Portuguesa precisa desesperadamente dos três pontos diante do Sport, pela 37ª rodada do Brasileiro, neste domingo, às 17h, no Canindé. Com apenas 37 pontos, na penúltima colocação do campeonato, a equipe paulista corre sério risco de voltar à Série B. Já o Sport navega em águas tranqüilas.

Já classificado à Libertadores por ter vencido a Copa do Brasil, o Leão está na 11ª colocação, com 48 pontos, e não tem mais pretensões na competição nacional. Portanto, a responsabilidade é toda da equipe lusitana. Uma derrota em casa pode significar a queda. No primeiro turno, o Sport derrotou a Portuguesa por 2 a 0 na Ilha do Retiro, gols de Roger e Bruno Rodrigo (contra).

FICHA TÉCNICA
Estádio: Canindé, São Paulo (SP)
Data/hora: 30/11/2008 - 17h (de Brasília)
Árbitro: Elmo Alves Resende Cunha (GO)
Auxiliares: Fabrício Vilarinho da Silva (GO) e Flávio Gilberto Kanitz (GO)

PORTUGUESA: Gottardi, Patrício, Bruno Rodrigo, Ediglê e Athirson; Rai, Erick, Héverton e Fellype Gabriel; Jonas e Edno. Técnico: Estevam Soares.

SPORT: Magrão, Sidny, César, Durval e Dutra; Fábio Gomes, Sandro Goiano, Júnior Maranhão e Fumagalli; Ciro (Carlinhos Bala) e Roger. Técnico: Nelsinho Baptista.

Fonte: Globo.com e Lancenet


Redator: Pedro Silas
pedro_sccp@yahoo.com.br

sábado, 29 de novembro de 2008

Série B > América vence e se salva. Timão se despede como o melhor da história

* Cheio de reservas, Corinthians perde de 2 a 0 para o América-RN e termina com a melhor campanha de todos os anos da Série B do Brasileiro

Com os titulares e boa parte dos reservas já de férias, o Corinthians entrou no gramado do Machadão, na tarde deste sábado, com um time C para se despedir da Série B do Brasileiro.

A partida com o América, em Natal (RN), pouco valia para o Timão, já campeão e com o acesso garantido para a Série A. Para os donos da casa, porém, estava em jogo a permanência na Segunda Divisão. O placar de 2 a 0 salvou o América de cair para Série C.

Num jogo morno, emoção só nos dois extremos. No início, logo aos 5 minutos, Souza abriu o placar. Em cobrança de falta, ele levantou a bola na área. Alves, na tentativa de cortar, desviou de cabeça e encobriu o goleiro Rafael Santos.

Enquanto o América jogava a vida e ficava de olho nos outros resultados da rodada para saber que risco correria durante a partida, o duelo, para o Corinthians, só tinha um motivo: o técnico Mano Menezes queria observar os atletas que pouco espaço tiveram durante a temporada, como Rafael, Alves, Almeida, Diogo, Marcel, Perdigão e Rafinha. Muitos, com contrato no fim, só teria esta chance para provarem que podem continuar no Parque São Jorge.

Porém, com o objetivo de montar uma equipe forte para a Série A do próximo ano, é difícil que muitos desses atletas sigam no Corinthians. A diretoria pretende contratar reforços de peso e manter a base do time titular. Com isso, vários deles, que integraram este time C, teriam espaço.

Do começo ao fim, o Timão deu poucas impressões de que buscaria o empate. Já o América, só com 1 a 0 no placar, queria mais. E precisava! Com a combinação dos resultados da rodada, um gol corintiano rebaixaria os potiguares. No fim da partida, após pênalti cometido por Rafael Santos, Aloísio precisou bater duas vezes - teve invasão de área na primeira - para registrar 2 a 0 e comemorar a permanência (assista).

Para os paulistas, a derrota não tirou o feito de registrar a melhor campanha da história da Série B. Com 85 pontos, em 38 rodadas, o Timão somou 74,56% do que disputou. Ganhou daquele Palmeiras de 2003, que teve 74,28% de aproveitamento.

Aos corintianos, valeu pelo adeus à Segundona...

Ficha do jogo
AMÉRICA-RN 2 x 0 CORINTHIANS
Fabiano, Maizena, Róbson (Thiago Messias), Gonçalves e Vandinho; Júlio Terceiro, Luís Maranhão, Saulo e Souza (Aloísio); Cascata (Fábio Neves) e Max Rafael Santos, Denis (Marcel), Alves, Diego e Almeida; Nilton, Perdigão, Diogo (Rafinha) e Eduardo Ramos; Bebeto (Careca) e Otacílio Neto
Técnico: Ruy Scarpino Técnico: Mano Menezes
Gols: Souza, aos 5 minutos do primeiro tempo e Aloísio, aos 47 minutos do segundo tempo
Cartões amarelos: Luís Maranhão e Cascata (A); Diogo (C)
Estádio: Machadão, Natal (RN). Data: 29/11/2008. Árbitro: Carlos Eugênio Simon (Fifa-RS) Auxiliares: Erich Bandeira (Fifa-PE) e Griselildo Dantas (PB)

Marília vence, mas não evita rebaixamento

O Marília fez a sua parte, pelo menos na última rodada da Segundona, mas pouco adiantou. Apesar da vitória por 2 a 1 sobre o Ceará, na tarde deste sábado, o time do interior paulista ficou em 17º e foi rebaixado para a Série C do Campeonato Brasileiro, divisão que não jogava desde 2002, quando foi vice-campeã. Já os cearenses ficaram apenas na 12ª colocação na tabela.

Ponte rebaixa o Criciúma

Depois de dois anos, o Criciúma vai reencontrar a Série C em 2009. Neste sábado, o Tigre foi a Campinas para enfrentar a Ponte Preta com a difícil missão de escapar da degola e acabou derrotado por 3 a 1. O resultado manteve os catarinenses em 18º na tabela e rebaixado. A última vez que disputou a Terceirona foi em 2006, quando conquistou o título. No estádio Moisés Lucarelli, a Macaca se despede da torcida com uma vitória e encerra sua participação na Série B do Brasileirão com 58 pontos.

Fontes: Globo.com e Uol

Comentário da Redação
Resultado normal

O Corinthians entrou em campo com um time mais do que reserva. Alguns jogadores nem reserva eram, e estavam encostados no elenco, até porque os principais reservas também saíram de férias junto com o time principal.

Eu não esperava mesmo uma vitória, no máximo um empate. Um time desentrosado, com alguns jogadores fracos tecnicamente, e ainda jogando contra um time desesperado, em busca da vitória para não cair, eu não poderia esperar outra coisa mesmo.

O destaque do jogo pelo lado do Timão foi justamente um estreante, o goleiro Rafael Santos, que jogou uma grande partida e mostrou que o Mano, além do Júlio César, pode contar com ele também. O Otacílio Neto também fez uma boa partida.

Conceitos
Rafael Santos - ÓTIMO: Melhor em campo pelo Corinthians. Não conseguiu evitar a derrota, mas evitou um placar maior para o adversário.
Dênis - REGULAR: Afobado demais, a qualquer momento pode entregar. Deveria ser emprestado ou dispensado.
(Marcel) - REGULAR: O mesmo de sempre. Some do nada. Nem deveria ter vindo.
Alves - REGULAR: Apesar de ter jogado pouco, achei fraco tecnicamente. Pra mim também não deve ficar para 2009.
Diego - BOM: Muito boa atuação do zagueiro prata da casa.
Almeida - BOM: Jogou improvisado, mas foi bem.
Nílton - BOM: Incansável, divide todas. As vezes entra duro, mas não é maldoso.
Perdigão - BOM: Mostrou um pouco do futebol do começo do ano. Salvou o Timão de tomar dois gols ainda. Em forma não é esse jogador ruim como falam.
Diogo - BOM: Fez uma boa partida, partiu para cima, foi ousado...
(Rafinha) - REGULAR: Entrou a tempo de tentar fazer algo, porém não apareceu.
Eduardo Ramos - PÉSSIMO: Some do jogo e erra passes bobos.
Otacílio Neto - BOM: Tirando o Rafael, o melhor do Corinthians em campo. Se mostrou rápido e com chute forte.
Bebeto - PÉSSIMO: Horrível! Não entendo como ele pode ser centroavante, se não consegue nem matar uma bola, muito menos fazer gol. Pelo contrário, perde gols incríveis.
(Careca) - REGULAR: A bola não chegou nele.
Tec: Mano Menezes - BOM: Fez o certo em escalar o time reserva.

Direto da Redação


Redator: Pedro Silas

pedro_sccp@yahoo.com.br

Série B > De cara nova, Timão dá adeus à Série B em dia crucial para o América-RN

* Mano Menezes escalou o time paulista só com reservas para último jogo da temporada. Time potiguar precisa vencer para escapar da Terceirona

Após cumprir com eficiência o seu papel na Série B, o Corinthians se despede da competição neste sábado, às 16h20m (de Brasília), contra o América-RN, no Machadão, em Natal. A tranqüilidade do Timão, que terá apenas reservas em campo, contrasta com a situação do time potiguar, ainda ameaçado pelo rebaixamento.

Se do lado paulista, o acesso e o título antecipados permitiram até mesmo as férias antecipadas de 16 jogadores, a situação no time de Natal é totalmente outra. Em 15º lugar, com 45 pontos, o América-RN precisa vencer para não ter de torcer por outros resultados que evitem o rebaixamento.

Caso empate ou perca do Corinthians na capital do Rio Grande do Norte, o time alvirrubro precisará torcer por pelos menos dois tropeços nos jogos de Fortaleza, Marília e Criciúma. Essas equipes duelam, respectivamente, contra Brasiliense, Ceará e Ponte Preta. Todas as partidas acontecem no mesmo horário: 16h20m.

- Nós sabemos a situação em que eles estão e não podemos dar espaços para eles jogarem. Temos de esperar o momento certo para o contra-ataque – alertou o atacante Otacílio Neto, que formará a dupla de ataque do Corinthians com Bebeto.

A formação toda reserva do Timão deixou o técnico Mano Menezes preocupado durante a semana, mas não com a qualidade da equipe, e sim com a falta de entrosamento e a empolgação excessiva do grupo que entrará em campo em Natal.

- Você sempre tem que dar o melhor que tem em cada jogo, e os jogadores estão muito motivados, porque alguns deles estão até tendo a primeira oportunidade. Eu até estou preocupado em controlar isso, porque não temos muito entrosamento de equipe – falou o comandante da equipe do Parque São Jorge.

Timão de cara nova; América tem reforço

A escalação do Corinthians para a partida deste sábado é totalmente diferente da que o torcedor se acostumou a ver nesta Série B. Com os titulares e outros cinco atletas em férias (Julio Cesar, Carlos Alberto, Lulinha, Fabinho e Wellington Saci), o técnico Mano Menezes vai mandar a campo uma equipe totalmente reserva.

As principais novidades são o goleiro Rafael, que desbancou Weverton, terceira opção no setor, e o volante Almeida, que jogará na lateral esquerda. Os dois entrarão em campo oficialmente com a camisa do Corinthians pela primeira vez. Dentre os mais conhecidos estão Perdigão, Nilton, Eduardo Ramos e Bebeto.

Já o América-RN, do técnico Ruy Scarpino, vai com força máxima para cima do time paulista. Durante os treinamentos desta semana, o comandante da equipe potiguar confirmou o retorno do volante Júlio Terceiro e do meia Souza.

Na última quinta-feira, ambos deixaram o trabalho reclamando de dores musculares, mas a principio eles não são dúvida para o duelo com o Timão. Elias e Fábio Neves, respectivamente, treinaram nas vagas de Júlio e Souza.

Ficha do jogo
AMÉRICA-RN CORINTHIANS
Fabiano; Maizena, Robson, Gonçalves e Vandinho; Júlio Terceiro, Luís Maranhão, Saulo e Souza; Cascata e Max. Rafael; Denis, Diego, Alves e Almeida; Nilton, Perdigão, Diogo e Eduardo Ramos; Bebeto e Otacílio Neto.
Técnico: Ruy Scarpino. Técnico: Mano Menezes.
Estádio: Machadão. Data: 29/11/2008. Árbitro: Carlos Eugênio Simon (Fifa/RS). Auxiliares: Erich Bandeira (Fifa/PE) e Griselido de Souza Dantas (PB).

Fonte: Globo.com



Redator: Pedro Silas
pedro_sccp@yahoo.com.br

sexta-feira, 28 de novembro de 2008

Uefa Champions League > 5ª Rodada

Raio-x

Grupo A

Resultados
Cluj 1x3 Roma
Bordeaux 1x1 Chelsea

Classificação
Pos.
Time PG J V E D GP GC
1 Roma 9 5 3 0 2 10 6
2 Chelsea 8 5 2 2 1 7 4
3 Bordeaux 7 5 2 1 2 5 9
4 Cluj
4 5 1 1 3 4 7

Última Rodada
09-12
Chelsea x Cluj
09-12
Roma x Bordeaux


Grupo B

Resultados
Internazionale 0x1 Panathinaikos
Anorthosis 2x2 Werder Bremen

Classificação
Pos.
Time PG J V E D GP GC
1 Internazionale *
8 5 2 2 1 7 5
2 Panathinaikos 7 5 2 1 2 7 7
3 Anorthosis
6 5 1 3 1 8 7
4 Werder Bremen 4 5 0 4 1 5 8

Última Rodada
09-12
Werder Bremen x Internazionale
09-12
Panathinaikos x Anorthosis


Grupo C

Resultados
Sporting Lisboa 2x5 Barcelona
Shakhtar Donetsk 5x0 Basel

Classificação
Pos.
Time PG J V E D GP GC
1 Barcelona *
13 5 4 1 0 16 5
2 Sporting de Lisboa *
9 5 3 0 2 7 8
3 Shakhtar Donetsk
6 5 2 0 3 8 5
4 Basilea 1 5 0 1 4 2 15

Última Rodada
09-12
Barcelona x Shakhtar Donetsk
09-12
Basel x Sporting de Lisboa


Grupo D
Resultados
Liverpool 1x0 O. Marseille
Atlético de Madrid 2 x1 PSV Eindhoven

Classificação
Pos.
Time PG J V E D GP GC
1 At. Madrid *
11 5 3 2 0 9 4
2 Liverpool *
11 5 3 2 0 8 4
3 O. Marseille 3 5 1 0 4 5 7
4 PSV Eindhoven 3 5 1 0 4 4 11

Última Rodada
09-12
O. Marseille x At. Madrid
09-12
PSV Eindhoven x Liverpool


Grupo E
Resultados
Villareal 0x0 Manchester United
Aalborg 2x1 Celtic

Classificação
Pos.
Time PG J V E D GP GC
1 Manchester United *
9 5 2 3 0 7 1
2 Villarreal *
9 5 2 3 0 9 5
3 Aalborg
5 5 1 2 2 7 12
4 Celtic 2 5 0 2 3 2 7

Última Rodada
10-12
Celtic x Villarreal
10-12
Manchester United x Aalborg


Grupo F
Resultados
Fiorentina 1x2 Lyon
Bayern Munich 3x0 Steaua Bucarest

Classificação
Pos. Time PG J V E D GP GC
1 Bayern Munich *
11 5 3 2 0 9 2
2 Lyon *
11 5 3 2 0 12 7
3 Fiorentina 3 5 0 3 2 4 8
4 Steaua Bucarest 1 5 0 1 4 3 11

Última Rodada
10-12
Lyon x Bayern Munich
10-12
Steaua Bucarest x Fiorentina


Grupo G
Resultados
Arsenal 1x0 Dinamo de Kiev
Fenerbahçe 1x2 Porto

Classificação
Pos.
Time PG J V E D GP GC
1 Arsenal * 11 5 3 2 0 11 3
2 Porto *
9 5 3 0 2 7 8
3 Dinamo de Kiev 5 5 1 2 2 3 4
4 Fenerbahçe 2 5 0 2 3 4 10

Última Rodada
10-12
Porto x Arsenal
10-12
Dinamo de Kiev x Fenerbahçe


Grupo H
Resultados
Zenit 0x0 Juventus
Bate Borisov 0x1 Real Madrid

Classificação
Pos.
Time PG J V E D GP GC
1 Juventus *
11 5 3 2 0 7 3
2 Real Madrid *
9 5 3 0 2 6 5
3 Zenit St. Petersburgo 5 5 1 2 2 4 4
4 Bate Borisov 2 5 0 2 3 3 8

Última Rodada
10-12
Juventus x Bate Borisov
10-12
Real Madrid x Zenit St. Petersburgo


Legendas
- Zona de Classificação à Segunda Fase da Uefa Champions League
- Zona de Classificação à Copa da Uefa
- Zona de Eliminação
* Classificados à Segunda Fase

Artilharia
Jogador Time Gols
Gerrard Liverpool 5
Messi Barcelona 5
Benzema O. Lyon 4
Berbatov Manchester United 4
Del Piero Juventus 4
Jadson Shakhtar Donetsk 4
Koevermans PSV Eindhoven 4


Comentário da Redação
De Olho no grupo A

Em um cenário até certo ponto esperado, devido ao baixo nível dos grupos, dos 8 grupos já tem seus representantes na Segunda Fase da Uefa Champions League. Apenas os Grupos A e B seguem com vagas em aberto. Este último tem a Internazionale garantida, apesar do péssimo resultado desta rodada. Anorthosis e Panathinaikos jogam pela segunda vaga.

Entretanto, chama atenção o duelo do grupo A, onde Roma, Chelsea e Bordeaux entram na última na rodada com chances iguais de conquistar a vaga, já que dependem apenas das próprias forças.

O Chelsea é o favorito neste grupo, já que recebe o já eliminado Cluj, da Romênia. Os ingleses são a surpresa negativa do torneio. Esperava-se muito mais facilidade do time de Felipão, que é apontado por alguns (assim como eu), como o maior favorito ao título europeu em 2009. Bordeuax e Roma duelam na Itália, em confronto direto por uma vaga.

Acredito que, no fim das contas, dará a lógica: Roma e Chelsea avançam. Mas é bom ficar de olho, pois a disputa promete fortes emoções na última rodada.

Barcelona é show

Campanha impecável do Barça nesta fase de grupos da Champions: 13 pontos (melhor campanha da Liga), 16 gols marcados (melhor ataque) e classificação antecipada para a fase seguinte do torneio europeu.

Agora é esperar a definição dos duelos nas oitavas-de-final para saber se o clube Catalão tem força para ir longe nesta edição da Champions League.


Direto da Redação












Redator: Ricardo Pilat
ricardo.pilat@yahoo.com.br

Série B > Timão domina a Seleção do campeonato

* Douglas é eleito o craque da Segundona

A Futebol Brasil Associados (FBA), gestora comercial da Série B 2008, divulgou nesta sexta-feira a seleção do campeonato. Quatro jogadores do campeão Corinthians estão na lista. Barueri, Vila Nova, Ponte Preta e Avaí também estão representados.

Os corintianos também são maioria na premiação individual. Douglas foi eleito o craque da competição, André Santos o craque da torcida, e Felipe é o goleiro menos vazado. Túlio Maravilha, do Vila Nova, é o artilheiro com 23 gols. Giuliano, do Paraná, foi apontado como revelação.

Apesar da campanha soberana na Segundona, o técnico do Corinthians, Mano Menezes, não foi eleito o melhor da função. Depois de garantir o acesso do Avaí após 29 anos de espera, Paulo Silas foi escolhido. A premiação será no dia 9 de dezembro, na festa de encerramento da Série B, em São Paulo.

A seleção da Série B escalada:
Renê (Barueri), Osmar (Vila Nova), Jean (Ponte Preta), Chicão (Corinthians), e André Santos (Corinthians); Willians (Santo André), Marquinhos (Avaí), Marcelinho Carioca (Santo André) e Douglas (Corinthians); Túlio Maravilha (Vila Nova) e Herrera (Corinthians). Técnico: Paulo Silas (Avaí)

Prêmios individuais:
Craque – Douglas (Corinthians)
Craque da Torcida - André Santos (Corinthians)
Goleiro menos vazado – Felipe (Corinthians)
Artilheiro - Túlio Maravilha (Vila Nova)
Revelação – Giuliano (Paraná)

Fonte: Globo.com


Direto da Redação












Redator: Ricardo Pilat
ricardo.pilat@yahoo.com.br

quarta-feira, 26 de novembro de 2008

Uefa Champions League > Inter perde mas se garante

* Grupo B: Italianos decepcionam e perdem para o Panathinaikos; Anorthosis briga por vaga

O Grupo B da Uefa Champions League teve uma rodada de tirar o fôlego nesta quarta-feira. Jogando em casa, o Inter de Milão foi derrotado pelo Panathinaikos, da Grécia, pelo placar de 1 a 0. No outro jogo do grupo, o Anorthosis, com um gol do veterano Sávio, esteve perto de derrotar o Werder Bremen, no Chipre, mas cedeu o empate em 2 a 2 no fim.

Apesar da derrota, o Inter de Milão assegurou sua classificação às oitavas-de-final. O time tem oito pontos, um a mais que o Panathinaikos. O Anorthosis aparece com seis pontos e, como enfrenta o Panathinaikos, em Atenas, na rodada final, o Inter já tem assegurado, ao menos, o segundo lugar no grupo. O Werder Bremen tem quatro pontos e precisa vencer o Inter para tentar ao menos o terceiro lugar, que vale uma vaga na Copa da Uefa.

Com Adriano, Julio César, Maxwell e Maicon em campo, o Inter deu a impressão de que mandaria na partida. Logo no início, Adriano recebeu no lado esquerdo da área e acertou uma bomba na trave.

Aos poucos, o Panathinaikos, que teve em ação o volante Gilberto Silva e Gabriel, ex-Flu, atuando como meia, equilibrou as ações no meio e passou a correr menos riscos. No segundo tempo (Marcelo Mattos, ex-Corinthians, entrou no jogo), o time grego passou inclusive a se arriscar mais no ataque.

O gol da vitória surgiu num escanteio. Goumas testou da entrada da pequena área e Julio César fez um milagre. No rebote, Sarriegi mandou para a rede. Na base do abafa, o Inter tentou de todas as formas buscar o empate, mas não conseguiu.

Anorthosis bobeia em casa

No Chipre, o Anorthosis fez a festa da torcida e abriu 2 a 0 no placar. Nikolaou fez o primeiro e Sávio, ex-Fla, ampliou aos 23 da segunda etapa. O Bremen buscou a igualdade no fim. Diego diminuiu de pênalti e o português Hugo Almeida deixou tudo igual aos 42. O empate, entretanto, tira dos alemães a chance de chegar às oitavas.

Fonte: Globo.com


Direto da Redação












Redator: Ricardo Pilat
ricardo.pilat@yahoo.com.br

Uefa Champions League > Barça goleia e assegura liderança

* Grupo C: Vitória por 5-2 em Lisboa garantiu o primeiro lugar do Grupo

Barcelona e Sporting entraram em campo nesta quarta-feira já classificados para a próxima fase da Uefa Champions League. Mesmo atuando somente para "cumprir tabela" e jogando em Lisboa, o time catalão goleou os portugueses por 5 a 2, confirmando assim a classificação em primeiro lugar do Grupo C.

Com a quarta vitória em cinco jogos, o time comandado por Pep Guardiola alcança os 13 pontos, na liderança isolada do grupo. Já o Sporting, que havia garantido o segundo lugar na rodada passada, permanece com nove pontos, podendo chegar somente a 12.

O time da casa levou dois gols logo no início. O francês Thierry Henry balançou as redes aos 14 minutos do primeiro tempo, enquanto Piqué marcou o segundo apenas três minutos mais tarde. O terceiro foi marcado pelo argentino Messi, aos 4 minutos da etapa final.

Aos 20, a reação do Sporting. Miguel Veloso marcou e um minuto mais tarde Liedson guardou o seu, fazendo 3 a 2. No entanto, os portugueses nem tiveram tempo de comemorar e Marco Caneira marcou contra, ampliando a vantagem catalã. Bojan, de pênalti, ainda conseguiu marcar o quinto e fechar a goleada.

Goleada pela Uefa

No outro confronto do grupo, os já eliminados Shakhtar Donetsk e Basel se enfrentaram na Ucrânia. Os donos da casa massacraram os adversários e venceram por 5 a 0, com quatro gols brasileiros.

Foram nada menos que três de Jadson, um do ex-corintiano William, e o quinto foi marcado por Seleznov, sacramentando a goleada.

Com isso, o Shakhtar chegou aos seis pontos e assegurou a terceira colocação do grupo e por tabela, a vaga para a Copa da Uefa. Já o Basel seguirá para a rodada final com apenas um ponto ganho, na lanterna do grupo.



Fonte: Terra



Direto da Redação












Redator: Ricardo Pilat
ricardo.pilat@yahoo.com.br